Monday, April 03, 2006

Fernando Lemos e o surrealismo

Deitámos finalmente o olho às fotografias de Fernando Lemos, expostas até final de Abril no Sintra Museu de Arte Moderna. Trabalhos realizados entre 1949 e 1952 (e recentemente adquiridos pela colecção Berardo), apresentam-se em paralelo com obras surrealistas portuguesas e internacionais. A colecção Berardo em diálogo com obras do espólio da Fundação Copertino de Miranda, apostada na divulgação dos estudos Surrealistas.

Fixamos Fernando Lemos nos retratos de O’Neill, Arpad Szenes e José Viana, sendo injustos para com todos os outros trabalhos. Descobrimos Marcelino Vespeira e sorrimos com o surreal Mário Cesariny. Outras duas marcas: a porte-bouteilles de Duchamp e Miró em 1927 – Et les Seins Mouraient.

Sintra, Museu de Arte Moderna, Colecção Berardo - até 30.04.2006

No comments: